Pesquisar neste blogue

03/03/2011

Demasiado é simplesmente demasiado...

Serei a única a achar que há demasiada roupa em minha casa? Chegou uma altura em que eu comecei a mentalizar-me que demasiado é simplesmente demasiado, não ter espaço para arrumar a roupa, não vestir mais de metade das coisas porque nem se sabe que se tem, roupa espremida dentro do armário. Estão a ver o filme?
Pois eu descobri qual a melhor altura para tomar decisões sobre que roupa fica e que roupa vai, e esse momento é... quando estiver a passar a roupa.
Passo a explicar, para pessoas como eu que odeiam passar a ferro, esse é o momento ideal pois as peças de roupa ganham uma nova perspectiva. Olhamos para ela com atenção e vemos se está rota, desbotada, gasta e se vale mesmo a pena passá-la a ferro.
Geralmente as peças que nos custam menos a passar são as que nós mais gostamos, porque nos lembramos do momento em que a vamos vestir e do quanto nos vamos sentir bem com ela.
Por isso, se têm muita roupa e problemas em a deixar partir das vossas vidas, guardem as decisões para quando estiverem a passar a ferro e perguntem “ Vale mesmo a pena passar-te a ferro?”

1 comentários:

Carol Kroetz disse...

Oi, querida! Sabe que é isso mesmo, concordo com vc! O único problema é que eu detesto passar a ferro e se dependesse de mim eu acabaria sem roupas para usar por preguiça de passá-las! kkkk

bjs